Em sua segunda edição, o Veste Rio se firmou como um dos eventos mais versáteis da cidade do Rio de Janeiro e possibilitou a oportunidade de fechar negócios, assistir aos desfiles, conhecer novos estilistas e participar de palestras e workshops sobre o universo das tendências e gestão da moda.

Nas palestras que marcaram dois dos quatro dias de evento na Marina da Glória, temas como pluralidade, sustentabilidade, criatividade, tecnologia e a força da Internet fomentaram discussões importantes para entender a moda e a beleza contemporânea. E as temáticas também foram levadas para as passarelas das dez jovens marcas da cena nacional que apresentaram suas coleções e tiveram a beleza assinada por Marcos Costa, maquiador oficial da Natura.

Mas como esse novo caminho reflete na forma que nos maquiamos? De acordo com Marcos, uma das tendências mais fortes são os produtos multifuncionais. "Temos um produto por exemplo que é 3 em 1. Base, corretivo e pó. Pronto! Nem ocupa espaço na bolsa. Com os batons estamos vendo a mesma coisa acontecer. A tecnologia já permite que você tenha diversas cores, misturando eles entre si”, contou o profissional se referindo a nova linha de batons de Faces da Natura.

E quando o assunto é verão, o maquiador foi categórico: "A mulher brasileira é solar. A tecnologia muitas vezes é aliada, mas também pode ser uma faca de dois gumes. Muitas meninas ensinam no Youtube tutoriais de makes super pesados, que não funcionam com a pele da mulher brasileira, nem com o nosso clima. O nosso verão tem que ser descomplicado e com bons produtos. A minha aposta para a próxima estação é o make que usei nos desfiles hoje. Pele bem feita, o batom 6 laranja da linha Aquarela, batom líquido nude, super máscara preta e a minha grande aposta: o iluminador marmorizado que mistura tons quentes e frios. Perfeito para iluminar a pele da brasileira.”

Donata Meirelles, diretora de estilo da revista Vogue, concorda com Marcos quando questionada sobre o atual momento da moda e beleza no País. "Estamos vendo menos desperdício em tudo. A consumidora não está cobrando somente das marcas, mas dela mesma. Usando os produtos até o fim, fazendo misturinha para eles durarem mais e descobrindo novas formas de usar o mesmo produto. São pequenos atos." Quando o assunto é make, Donata brinca: "Como você pode ver, sou bem sustentável", disse ela se referindo ao uso de pouca maquiagem. “Minha aposta de make para o verão é pele saudável e um iluminador. Um efeito fresh!"

Nos corredores do Veste Rio foi possível observar que essas apostas já se concretizam. Os fashionistas e influencers estão investindo em peças mais neutras e básicas com mais foco nos acessórios e na maquiagem. A quantidade de produtos diminuiu, mas por outro lado a ousadia e a vontade de testar novas cores e combinações cresceram. Um delineador de cor mais marcante, como azul ou dourado, ou batons de cores vivas e quentes estavam por todos os lados.

Daniela Falcão, diretora de redação da Vogue, acredita que a Internet tem muito a ver com esse novo momento da moda e da beleza. “Antes era tudo mais padronizado. Batom vermelho se eu for sair a noite, batom claro para o trabalho. A tecnologia, o acesso a informação e as digital influencers fizeram as regras caírem por terra. Hoje cada um se comporta como quer e você está mais livre para ser, para experimentar.”

O comportamento dos amantes de moda também está mais leve. Os looks super trabalhados estão dando lugar para a experimentação. Nem mesmo o calor do Rio de Janeiro, já anunciando a chegada do verão, parecia incomodar como antigamente. Nos lugares dos leques, fashionistas assumiram o glow natural que o calor traz. Aliás, reproduzir o look é a grande aposta de Daniela Falcão para o verão. "Gloss na bochecha, gloss nas pálpebras. Esse visual ‘estou suada mesmo’ será a cara do verão!"

Renata Izaal, editora do caderno ELA do jornal O Globo, aposta em pontos de cor iluminando a pele e acredita que as tendências atuais têm tudo a ver com a facilidade ao acesso à informação. "Hoje por conta da Internet conseguimos entender com facilidade um processo de produção de um produto e o impacto dele no mundo. Então nos preocupamos mais com as embalagens, com a procedência, a cadeia produtiva, essa consciência social e ambiental. Isso acaba refletindo em pequenos atos do nosso cotidiano. Como o Brasil já passou por inúmeras crises, a brasileira sempre soube se reinventar, fazer uma formula caseira quando a grana estava curta pra investir em um produto, ou usar batom como blush por exemplo. O grande diferencial hoje em dia é que as marcas perceberam isso e começaram a investir nesse tipo de produto. Estão entendendo a pluralidade das mulheres e começaram a investir em diferentes tons de base, em diferentes cores de maquiagem."

Nunca fomos tão plurais e com tanta sede e acesso a informação. E com isso, só ganhamos. O planeta ganha, a diversidade ganha e porque não dizer, nossa habilidade de fazer um make poderoso, também ganha.

Fotos: Lucas Landau